A Personalidade Ideal de um Muçulmano

Sua Atitude em Relação a Deus

Uma das características que mais distinguem o muçulmano é sua profunda fé em Deus e sua convicção de que tudo que acontece no universo e tudo que lhe acontece, só acontece através da vontade e decreto de Deus.  O muçulmano está conectado de perto com Deus, constantemente lembra-se Dele, coloca sua confiança Nele e Lhe obedece.

Sua fé é pura e clara, não contaminada por qualquer mancha de ignorância, superstição ou ilusão.  Sua crença e adoração são baseadas nos ensinamentos do Alcorão e nos Hadiths autênticos.  Sente que está em necessidade constante da ajuda e suporte de Deus.  Também não tem escolha em sua vida a não ser se submeter à vontade de Deus, adorá-Lo, se empenhar na direção da Senda Reta e das boas ações.  Esse tipo de mentalidade o guiará para ser virtuoso e elevado em todas as suas ações, em público e privado.

Um muçulmano também reconhece os sinais do poder ilimitado de Deus no universo e, assim, sua fé em Deus aumenta.  Deus diz:

Na criação dos céus e da terra e na alternância do dia e da noite há sinais para os sensatos.  Que mencionam Deus, estando em pé, sentados ou deitados, e meditam na criação dos céus e da terra, dizendo: Senhor nosso!  Não criaste isto em vão.  Glorificado sejas!  Preserva-nos do tormento infernal!” (Alcorão 3:190-191)

Sua Atitude em Relação a Si Mesmo: Mente, Corpo e Alma

Um muçulmano presta a devida atenção às necessidades de seu corpo físico, cuidando dele e promovendo sua boa saúde e força.  Faz isso sendo ativo e não comendo excessivamente.  Come o suficiente para manter sua saúde e energia porque entende que um crente forte é mais amado por Deus do que um crente fraco.  O Profeta, que Deus o exalte, disse: “De fato, um crente forte é mais amado por Deus do que um crente fraco.  Em ambos há boas virtudes.”  Deus, o Todo-Poderoso, diz:

“Comei e bebei; porém, não vos excedais, porque Ele não aprecia os perdulários.” (Alcorão 7:31)

Também presta atenção a sua higiene pessoal porque o profeta, que Deus o exalte, colocou grande ênfase nisso.  Sua aparência está sempre arrumada e limpa.  Sua higiene oral também é muito limpa porque o profeta encorajou o uso do siwak (bastão para dentes da árvore Arak).  Entretanto, faz tudo isso em concordância com o ideal islâmico de moderação, evitando os extremos do exagero e negligência.  Deus, o Exaltado, diz:

“Dize:  Quem pode proibir as galas de Deus e o desfrutar os bons alimentos que Ele preparou para Seus servos?  Dize: Estas coisas pertencem aos que creem, durante a vida neste mundo.  Assim elucidamos os versículos aos sensatos.” (Alcorão 7:32)

Além de cuidar do seu eu físico, um muçulmano também cuida de seu eu mental.  Isso é feito afastando-se das drogas e estimulantes.  Também não se esquece de exercitar-se regularmente para manter sua aptidão física, porque existe uma relação direta entre saúde física e mental.  Cuida de sua mente através da busca de conhecimento benéfico, religioso e secular.  Deus diz:

“Dize: Meu Senhor!  Aumenta o meu conhecimento.” (Alcorão 20:114)

Um muçulmano também presta atenção ao seu desenvolvimento espiritual, assim como ao desenvolvimento físico e intelectual.  Faz isso de uma forma equilibrada que não concentra em um aspecto para detrimento dos outros.  Por essa razão, a vida de um muçulmano revolve ao redor da adoração e lembrança de Deus: cinco orações diárias, jejum do mês de Ramadã, etc.

Sua Atitude em Relação a Deus

Com seus pais, o muçulmano é um exemplo de obediência e amor sinceros.  Trata-os com gentileza e respeito, compaixão infinita, extrema educação e profunda gratidão.  Reconhece sua condição e sabe seus deveres em relação a eles através do comando de Deus.  Deus diz:

“Adorai a Deus e não Lhe atribuais parceiros. Tratai com benevolência vossos pais e parentes.” (Alcorão 4:36)

Com sua esposa, o muçulmano exemplifica o tratamento bom e gentil, lidar inteligente, profunda compreensão da natureza e psicologia das mulheres e cumprimento adequado de suas responsabilidades e deveres.

Com seus filhos, o muçulmano é um pai que compreende sua grande responsabilidade em relação a eles.  Presta atenção a qualquer coisa que possa influenciar seu desenvolvimento islâmico e dá a eles uma educação adequada.  De modo que possam tornar-se elementos ativos e construtivos na sociedade e uma fonte de bondade para seus pais e a comunidade. 

Com seus parentes, o muçulmano mantém os laços de parentesco e sabe seus deveres em relação a eles.  Compreende o alto status dado aos parentes no Islã, o que faz com que mantenha contato com eles, independente das circunstâncias.

Com seus vizinhos, o muçulmano ilustra o bom tratamento e consideração dos sentimentos e sensibilidades dos outros.  Aguenta o mau tratamento e faz de conta que não vê as falhas de seu vizinho, ao mesmo tempo em que cuida para não cometer os mesmos erros.

A relação do muçulmano com seus irmãos e amigos é a melhor e mais pura das relações, porque é baseada em amar em nome de Deus.  É amoroso em relação a eles e não insensível.  É leal a eles e não os trai.  É sincero e não os engana.  É tolerante e indulgente.  Também é generoso e suplica pela felicidade e bem-estar deles.

Em suas relações sociais com todas as pessoas o muçulmano é bem educado, cortês, nobre e caracterizado pelas atitudes que o Islã encoraja.  Algumas dessas características são: não invejar os outros, cumprir suas promessas, modéstia, paciência, evitar calúnias e obscenidades, não interferir no que não é da sua conta, evitar a fofoca e lançar dúvidas.

Essas são as qualidades e atitudes que todo muçulmano luta para que façam parte de seu caráter e personalidade.  Por essa razão, uma sociedade que tem residentes com essas características desfrutará de felicidade e paz verdadeiras.

Escolha seu idioma