Uma Descrição do Inferno (parte 1 de 5): Introdução

O Islã ensina que o Inferno é um lugar real preparado por Deus para aqueles que não crêem Nele, se rebelam contra Suas leis e rejeitam Seus mensageiros.  O Inferno é um lugar real, não um mero estado mental ou entidade espiritual.  Os horrores, dor, angústia e punição são todos reais, mas diferentes em natureza dos seus equivalentes terrenos.  O Inferno é a humilhação e perda supremas, e nada é pior que ele:

“Senhor nosso!  Por certo, aquele que Tu fazes entrar no Fogo, Tu, com efeito, o desgraça. E não há socorredores para os malfeitores.” (Alcorão 3:192)

“Não sabem eles que quem se opõe a Deus e Seu Mensageiro (Muhammad) certamente terá o Fogo para morar eternamente?  Essa é a extrema desgraça.” (Alcorão 9:63)

Os Nomes do Inferno

O Inferno tem nomes diferentes nos textos islâmicos.  Cada nome dá uma descrição separada.  Alguns de seus nomes são:

Jaheem – fogo - porque é um fogo incandescente.

Jahannam – Inferno – por causa da profundeza de seu poço.

Ladthaa – fogo incandescente – por causa de suas chamas.

Sa’eer – chama incandescente – porque sua chama é mantida acesa.

Saqar – por causa da intensidade de seu calor.

Hatamah – escombros – porque quebra e tritura tudo que é jogado nele.

Haawiyah – abismo – porque aquele que é jogado nele é jogado do topo.

Paraíso e Inferno Existem no Presente e são Eternos

O Inferno existe no presente momento e continuará a existir para sempre.  Ele nunca acabará e seus habitantes permanecerão nele para sempre.  A crença islâmica tradicional é de que ninguém sairá do Inferno, exceto os crentes pecadores que acreditaram na Unicidade de Deus nessa vida e acreditaram no profeta específico enviado para eles.  Os politeístas e descrentes morarão nele para sempre.  Essa crença tem sido mantida desde tempos clássicos e é baseada em versículos claros do Alcorão e relatos confirmados do Profeta do Islã.  O Alcorão fala do Inferno no tempo passado e afirma que ele já foi criado:

“E guardai-vos do Fogo, que é preparado para os descrentes.” (Alcorão 3:131)

O Profeta do Islã disse:

“Quando qualquer um de vocês morre, é mostrada sua posição (na Outra Vida) de manhã e à noite.  Se ele é uma das pessoas do Paraíso, é mostrado o lugar das pessoas do Paraíso.  Se ele é uma das pessoas do Inferno, é mostrado o lugar das pessoas do Inferno.  É dito, ‘essa é a sua posição, até Deus o ressuscitar no Dia do Juízo.’” (Saheeh Al-Bukhari, Saheeh Muslim)

Em outro relato, o Profeta disse:

“Por certo, a alma de um crente é um pássaro nas árvores do Paraíso, até que Deus a retorna ao seu corpo no Dia do Juízo.” (Muwatta de Malik)

Esses textos deixam claro que o Inferno e o Paraíso existem, e que as almas podem entrar neles antes do Dia do Juízo.  Falando da eternidade do Inferno, Deus diz:

“Eles desejarão sair do Fogo, e dele não sairão. E terão permanente castigo.” (Alcorão 5:37)

“...E eles nunca deixarão o Fogo.” (Alcorão 2:167)

“Por certo, aqueles que renegam a Fé e são injustos, não é admissível que Deus os perdoe nem os guie a caminho algum. Exceto ao caminho do Inferno, onde morarão eternamente.” (Alcorão 4:168-169)

“Por certo, Deus amaldiçoou os que renegam a Fé, e preparou—lhes um Fogo ardente, onde morarão eternamente.” (Alcorão 33:64)

“E quem desobedece a Deus e Seu Mensageiro, por certo, para ele é o fogo do Inferno, onde morará eternamente.” (Alcorão 72:23)

Os Guardiões do Inferno

Anjos poderosos e severos que nunca desobedecem a Deus guardam o Inferno.  Eles fazem precisamente o que lhes é ordenado.  Deus diz:

“Ó vós que credes, guardai-vos a vós mesmos e vossas famílias de um Fogo cujo combustível são homens e pedras; sobre ele haverá anjos irredutíveis e severos que não desobedecem as ordens que recebem de Deus e fazem exatamente como ordenados.” (Alcorão 66:6)

São dezenove guardiões do Inferno, como Deus diz:

“Breve fá-lo-ei queimar no Inferno.  E o que te fará entender o que é o Inferno?   Ele nada mantém e nada deixa.  Carbonizador da pele.  Sobre ele, há dezenove guardiões.” (Alcorão 74:26:30)

Não se deve pensar que os habitantes do Inferno serão capazes de superar os guardiões do Inferno porque são apenas dezenove deles.  Cada um deles tem força para subjugar toda a humanidade sozinho.  Esses anjos são chamados os Guardiões do Inferno por Deus no Alcorão:

“E os que estiverem no Fogo dirão aos Guardiões do Inferno, ‘Suplicai a vosso Senhor para nos aliviar o tormento por um dia!” (Alcorão 40:49)

O nome do líder dos anjos que guardam o Inferno é Malik, como mencionado no Alcorão:

“Certamente, os descrentes ficarão no tormento do Inferno para sempre.  (O tormento) não será aliviado, e eles ficarão mergulhados na destruição com arrependimentos profundos, tristezas e desespero.  Nós não fomos injustos com eles, mas eles foram malfeitores.  E eles clamarão: ‘Ó Malik! Deixe teu Senhor acabar conosco’. Ele dirá: ‘Por certo, aí morarás eternamente.’  Com efeito Nós trouxemos a verdade para vós, mas a maioria de vós odiou a Verdade.” (Alcorão 43:74-78)

Escolha seu idioma